7 anos

Eu tenho uma “questão com número 7”. Já li que ele está associado à harmonia: 7 chakras, as 7 cores do arco-íris, 7 notas musicais… E agora, em 2020, completo 7 anos do início da minha jornada de autoconhecimento. Pelo menos a desse plano (por que acredito que não vivemos apenas essa vida e pronto, acabou, mas isso é outro assunto).

Hoje apareceu uma lembrança na minha rede social sobre a finalização do meu ano sem compra. Eu tinha muita coisa sobre ele no antigo blog que acabou se perdendo. Eram registros mensais de como estava sendo essa experiência, mas quero voltar aqui em outro momento pra contar como foi e os meus aprendizados a respeito disso.

O que queria compartilhar hoje é que não foi uma jornada fácil. Ao longo desses anos todos passei por momentos muito, muito difíceis em que eu só queria desistir. Esse despertar de que tanto ouvimos falar é um processo doloroso. Doloroso porque as nossas certezas se vão. Doloroso porque percebemos que nossos alicerces foram construídos sob a areia e não em um terreno sólido e firme e aí nos resta demolir ideias que estiveram conosco por tantos anos para reconstruir outras que estamos começando a conhecer.

E como é um caminho novo é fácil a gente se perder. Às vezes andamos por trilhas sem sinalização, erramos e precisamos voltar e começar de novo. Outras vezes seguimos por um caminho já aberto, percorrido por outras pessoas, com uma paisagem bonita e lugar pra descansar. Andamos ora sozinhos, ora acompanhados…

Falando de mim, da minha história, eu não mudaria nada. Se tudo o que eu passei me trouxe até aqui, eu agradeço. Agradeço pelas tempestades que sobrevivi, pelos amigos que fiz e dos quais me despedi, pelas pessoas com as quais convivi e que mostraram o que eu quero e o que eu não quero ser, pelos meus erros e acertos e por aprender a ouvir a minha intuição, que é a minha bússola interior, que me guia e me permite viver experiências que talvez eu não entenda agora, mas que em outro momento serei capaz de compreender.

Vou fazer 32 anos esse ano, mas sinto como se estivesse fazendo 7. Sete anos em que sinto que tenho mais consciência das minhas escolhas que encontrei razões pelas quais viver, razões que me motivam todos os dias a me aprimorar a ajudar a construir uma realidade diferente daquela que vivo hoje, pensando não só em mim mas em todos. O mundo não tem que ser bom só pra mim. Eu não posso me deitar tranquila enquanto outras pessoas não tem acesso ao que lhes é direito básico.

E assim eu sigo, esperando viver muitos outros anos e aberta para os aprendizados que a vida tem a me oferecer.

2 comentários sobre “7 anos

  1. Olá, Bruna!

    Penso bastante nessa questão do número sete. Minha vida tem ciclos que mudam exatamente a cada 7 anos. É muito curioso refletir sobre isso. Cada dia vivido a gente se transforma, e como isso é bom! Estou terminando de ler o livro “Um novo mundo – O despertar de uma nova consciência”, do Eckhart Tolle, está sendo uma ótima leitura. A maior dificuldade que sinto nessa jornada de autoconhecimento é manter a consistência em alguns aspectos, principalmente no que diz respeito ao ego. Ele é nosso maior inimigo.

    Muito bom ler sua reflexão.

    Abraços!

    Curtir

    • Oi Eliana! O número 7 é cheio de misticismos ne? E realmente, cada dia é repleto de novos aprendizados e, por mais que as tarefas sejam parecidas ao longo dele, nenhum dia é exatamente igual ao outro.
      Esse livro dele parece ser bem interessante…
      Como sabiamente consta no Bhagavad Gita: “O ego é o pior inimigo do Eu, mas o Eu é o melhor amigo do ego… O ego é um péssimo senhor, mas é um ótimo servidor.” Concordo com voce que o grande desafio é fazermos as pazes com nosso ego, permitir que ele seja nosso servidor, ao invés de nosso senhor. Sigamos nesse aprendizado.

      Abraço e obrigada pela visita.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s